LOCALIZAÇÃO & HORÁRIOS

Av. Brasil, 1345 - Sala 301 a 305 - Edf. Mario da Rosa - 4º Andar - Centro

 

Seg à Sexta - 8h30 às 18h

ROTEIROS

Informações sobre roteiros pelo

telefone (45) 3521-8500 ou e-mail exclusive@frt.tur.br

TRABALHE CONOSCO

Se deseja fazer parte da equipe

Envie email para exclusive@frt.tur.br

AUSTRÁLIA

A Austrália está bem longe do Brasil, mas são tantos os ícones aussies conhecidos mundialmente que nem é preciso já ter ido para lá para saber um pouco mais da história desse país com dimensões continentais, localizado, como os moradores gostam de dizer, “down under”. Esse território varia de platôs áridos de terra avermelhada a planícies costeiras que abrigam algumas das melhores praias do planeta e, no inverno, uma área nevada mais extensa que muitos países alpinos.

  • Capital Camberra.

  • Moeda Dólar Australiano.

  • Língua oficial Inglês.

  • Governo Monarquia constitucional e democracia federal parlamentar.

  • Religião Cristianismo.

  • Fuso horário UTC +10:00 (Sydney).

  • Principais cidades Melbourne, Sydney, Adelaide, Perth, Darwin e Tasmânia.

 

O que precisa saber antes de visitar o país

 

Brasileiros precisam de visto eletrônico para viajar pelo país por até três meses. O processo é ágil e não costuma demorar mais que dois ou três dias, desde que o formulário seja preenchido de maneira satisfatória. Considere sempre o calendário em sua programação.

 

Melhor época para ir ao país

 

Para o norte e o deserto, a melhor época é entre abril e outubro, quando faz menos calor. Para visitar Sydney, Melbourne e o sul, o melhor período é de novembro a março – os meses mais quentes. A Costa Leste tem temperaturas agradáveis o ano todo, mas chove bastante entre janeiro e março.

FIJI

Localizado no meio do Oceano Pacífico, Fiji é um país composto por 322 ilhas, sendo pouco mais de 100 delas habitadas, o que transforma o planejamento de uma viagem de turismo numa verdadeira indecisão. São tantas ilhas e praias magníficas que se torna quase impossível decidir quais ilhas visitar e onde ficar em Fiji.

 

A boa notícia é que transitar entre as ilhas é relativamente fácil, mas nem sempre barato. Esse maravilhoso local é protegido do turismo de massa por causa dos 700 mil fijianos que consideram a sua terra sagrada e não pode ser vendida para estrangeiros. Por isso os hotéis são pequenos e charmosos, com poucos quartos e muitos chalés locais chamados de burês.

 

  • Capital Suva.

  • Moeda Dólar Fijano.

  • Língua oficial Inglês, fijiano e híndi fijiano.

  • Governo República parlamentista.

  • Religião Cristianismo.

  • Fuso horário UTC +12:00.

  • Principais ilhas Viti Levu e Vanua Levu.

 

O que precisa saber antes de visitar o país

 

Brasileiros não precisam de visto para entrar em Fiji, apenas passaporte válido.

 

Melhor época para ir ao país

 

O clima tropical temperado faz das Fiji um ótimo destino em qualquer altura do ano, mas o ideal é visitar o país durante a estação seca, entre maio e outubro: as temperaturas são mais frescas, há menos umidade e chuva, além de menores possibilidades de ocorrerem ciclones.

ILHAS SALOMÃO

Situadas no Pacífico, as Ilhas Salomão são um destino imperdível para quem valoriza enormes lagoas e florestas de esmeralda, enfim, para os ecoturistas que apreciam a Natureza em estado quase puro. Não faltam aventuras ao ar livre e em profundidade nas Ilhas Salomão, como fazer escalada em vulcões extintos, surfar sozinho em ondas magníficas, fazer snorkel sobre recifes pouco explorados e mergulhar sem multidões a estragar a experiência.

 

A distância entre as ilhas situadas mais a leste e as situadas mais a oeste é de cerca de 1500 km. As ilhas de Santa Cruz, em especial, localizadas a norte de Vanuatu (país de que faz parte Tikopia), estão isoladas mais de 200 km das outras ilhas. Existem vulcões em vários graus de atividade em algumas das ilhas maiores, ao passo que a maior parte das menores são apenas pequenos atóis cobertos de areia e palmeiras.

 

  • Capital Honiara.

  • Moeda Dólar das Ilhas Salomão.

  • Língua oficial Inglês.

  • Governo Monarquia constitucional.

  • Religião Cristianismo.

  • Fuso horário UTC +11.

  • Principais cidades Honiara, Gizo, Auki noro, Buala, Kirakira e Tulagi.

 

O que precisa saber antes de visitar o país

 

Brasileiros que viajam a turismo, não necessitam de visto para permanência de até 90 (noventa) dias. É necessário apresentar no desembarque passaporte brasileiro com validade mínima de 06 meses, com 02 páginas em branco no mínimo; Passagem de ida e volta; Voucher do hotel e garantia de acomodação; Certificado internacional de Vacina contra Febre Amarela.

 

Melhor época para ir ao país

 

A melhor época para visitar as Ilhas Salomão é na estação seca, a partir do final de maio até início de dezembro, altura em que os ventos de sudeste sopram um clima agradavelmente suave. A precipitação é leve e períodos de chuva acontecem geralmente com vários dias de intervalo. A época dos ciclones decorre entre janeiro e abril.

NOVA ZELÂNDIA

Além da alta qualidade de vida, a Nova Zelândia oferece paisagens deslumbrantes a seus habitantes. Juntando praias paradisíacas, muitas florestas, regiões vulcânicas como gêiseres, fiordes recortando sua costa e montanhas nevadas, seu território é um cenário de tirar o fôlego e digno de cinema. Não é à toa que o país foi utilizado para as gravações das trilogias dos filmes “O Senhor dos Anéis” e “O Hobbit”.

 

Essa diversidade de paisagens também transformou a Nova Zelândia na Capital Mundial da Aventura e dos Esportes Radicais. Da região dos Lagos do Sul, passando pela cadeia montanhosa de Queenstown, apelidada de As Notáveis (The Remarkables), ao Lago Wanaka, onde estão as pistas de esqui de Cardrona e Treble Cone, o país é adrenalina pura para os amantes dos esportes radicais. As opções de incluem bungee jumping, rapel, canoagem de corredeira, rafting, paraquedismo, entre outras atividades que deixam o coração a mil por hora.

 

  • Capital Wellington.

  • Moeda Dólar da Nova Zelândia.

  • Língua oficial Inglês, Maori, e Língua de Sinais Neozelandesa.

  • Governo Monarquia constitucional parlamentarista unitária.

  • Religião Cristianismo.

  • Fuso horário UTC +12.

  • Principais cidades Auckland, Christchurch, Wellington e Hamilton

 

O que precisa saber antes de visitar o país

 

Brasileiros não precisam de visto para visitar a Nova Zelândia e têm direito de ficar até 3 meses por lá, já que o Brasil faz parte do acordo de isenção de visto. Ao entrar no país, é preciso apresentar um passaporte válido (pelo próximos seis meses), passagem de volta e comprovante de hospedagem e renda suficiente para ficar lá durante a viagem.

 

Melhor época para ir ao país

 

As estações do ano na Nova Zelândia seguem o mesmo período do Brasil, mas o inverno tem temperaturas muito mais baixas. Em algumas cidades chegam a ser negativas e nevar é bem comum. Muitos dizem que a melhor estação para visitar o país é o verão, mas no inverno também é incrível. Fato é que o país oferece muitas atrações ao ar livre por conta da exuberante natureza e o frio pode dificultar um pouco, além de – algumas vezes – bloquear parques e estradas.

VANUATU

Não é à toa que você provavelmente nunca ouviu falar de Vanuatu. Com apenas 270 mil habitantes, no remoto Pacífico Sul, este país insular fica longe de tudo. Suas primeiras duas – e únicas – estradas asfaltadas ficaram prontas em 2011. Para grande parte da população, os telefones celulares só se materializaram em 2007, quando foi desbancado o monopólio das telecomunicações que mantinha os aparelhinhos (carésimos!) nas mãos de apenas 10% dos vanuatuenses.

 

Essa terra repleta de praias perfeitas, vulcões e florestas intocadas sempre faz bonito, sem levar em conta o crescimento do PIB ou aquilo que outros indicadores consideram “qualidade de vida”. Nesta terra feliz, as pessoas não riem à toa: elas gargalham alto. Não se fazem mais países como Vanuatu e é justamente por isso que você deve correr pra lá antes que as coisas mudem.

 

  • Capital Port Vila.

  • Moeda Vatu.

  • Língua oficial Bislama, Inglês e Francês.

  • Governo República parlamentarista.

  • Religião Cristianismo.

  • Fuso horário UTC +11.

  • Principais ilhas Efate, Espíritu Santo, Tanna e Pentecostes.

 

O que precisa saber antes de visitar o país

Para quem vai atravessar o mundo pra chegar lá, o mais lógico é empacotar a Vanuatu dentro de um rolê pelo Pacífico Sul. Ir do Brasil a Vanuatu seria a maior maratona aérea da sua vida. Caminho mais “rápido”: São Paulo (GRU) >> Santiago do Chile >> Sydney >> Port Vila (35h).

 

Brasileiros que pretendem visitar o país com fins turísticos ou comerciais com permanência até 30 dias, estão isentos de visto. Documentação necessária para o desembarque em Vanuatu: Passaporte brasileiro com validade mínima de 6 meses; Bilhete aéreo ida e volta confirmado; Voucher de hotel ou garantia de acomodação; Prova de fundos suficientes para cobrir o período de estadia no país.

 

Melhor época para ir ao país

 

O clima em Vanuatu é quente e úmido o ano todo. Mas convém driblar a temporada de ciclones e chuvas mais intensas, que vai de novembro a abril. Nessa época, o tempo é uma loteria.