LOCALIZAÇÃO & HORÁRIOS

Av. Brasil, 1345 - Sala 301 a 305 - Edf. Mario da Rosa - 4º Andar - Centro

 

Seg à Sexta - 8h30 às 18h

ROTEIROS

Informações sobre roteiros pelo

telefone (45) 3521-8500 ou e-mail exclusive@frt.tur.br

TRABALHE CONOSCO

Se deseja fazer parte da equipe

Envie email para exclusive@frt.tur.br

JAPÃO

O Japão é um daqueles destinos místicos e fascinantes, com contrastes entre a tradição e a modernidade. Um destino turístico de difícil compreensão pelo olhar ocidental e, por isso mesmo, verdadeiramente desafiador. Da capital Tóquio aos belos templos da cidade-relíquia de Kyoto, do deslumbrante Monte Fuji às cerejeiras em flor em Okinawa ou Hokkaido, passando por cidades como Osaka, Nara, Sapporo, Hiroshima e Nagasaky, não faltam motivos para viagens de turismo ao Japão. Seja bem-vindo à “terra do sol nascente”.


Primavera no Japão e a bela florada de sakurás


Março e abril são com certeza os meses mais esperados pelo povo nipônico. Primeiramente porque significa a despedida do inverno, do frio, da neve e das cores pálidas que compõe o inverno japonês. Outro grande motivo é que com a primavera chegando, as florações de belas flores muda o cenário no país.

Dentre elas , o Sakurá, a cerejeira típica do arquipélago. Quem ainda não conhece essa linda flor, não sabe o que está perdendo. São mais de 200 tipos, sendo que a mais popular é a Somei Yoshino. Outras categorias incluem Yamazakura, Yaezakura e Shidarezakura. O yaezakura têm flores grandes e o shidarezakura tem ramos que caem como os de um salgueiro-chorão, com belas cascatas de flores rosa. 

•     Capital Tóquio.
•     Moeda Iene (JPY).
•     Língua oficial Japonês.
•     Governo Monarquia constitucional.
•     Religião Budismo e xintoísmo.
•     Fuso horário UTC +12:00.
•     Principais cidades Tóquio, Osaka, Yokohama, Nagoia, Sapporo, Quioto, Kobe.


Qual a melhor época para visitar o Japão?


Há duas épocas recomendáveis. A primeira é na primavera que, além das temperaturas amenas, é o período em que as cerejeiras florescem e também é quando acontecem festivais como a dança das gueixas em Quioto (Miyako Odori). A segunda época é o outono, também com temperaturas agradáveis e com menor quantidade de chuvas a partir de outubro. As árvores começam a mudar de cor e acontece um dos mais bonitos festivais, o Takayama Matsuri, patrimônio da humanidade.  

Vistos: Para entrar no Japão é preciso fazer o pedido de visto com antecedência. Os tipos de visto variam de acordo com o propósito da viagem

CHINA

Segundo a mitologia taoista chinesa, Pan Gu, o primeiro homem, saiu de um ovo e criou o céu, a terra e alguns heróis. A China é uma das mais antigas civilizações do mundo. Estudos arqueológicos indicam o vale da rio Amarelo (Huang He) como o berço da civilização chinesa. A primeira dinastia histórica foi a de Shang, por volta do século 17 aC. Possuíam um sistema de escrita e um calendário. E não podemos esquecer seu grande legado para a humanidade, foi da China que vieram à bússola, o macarrão, o papel, entre outras maravilhas. E o país caminha a passos largos rumo ao futuro.

•     Capital Beijing.
•     Moeda Renminbi (Yuan) (RMB¥).
•     Língua oficial Mandarim.
•     Governo Congresso do povo, unipartidário (Partido Comunista Chinês).
•     Religião Budismo, taoísmo, confucionismo e cristianismo.
•     Fuso horário UTC +8:00.
•     Principais cidades Nanjing (Nanquim), Hong Kong, Beijing (Pequim), Shanghai (Xangai), Guangzhou (Cantão)         e Tianjin (Tientsin).


Qual a melhor época para visitar a China?


Os meses de maio, setembro e outubro são os ideais para viagens em qualquer lugar da China.

A primavera, de março a maio; verão, de junho a agosto, outono, de setembro a novembro e inverno, de dezembro a fevereiro.

Vistos: Brasileiros precisam de visto para entrar na China.

MONGÓLIA

Pátria do mítico Genghis Khan, a Mongólia é um país vasto e escassamente povoado por homens rudes mas incrivelmente hospitaleiros – por vezes ainda nómadas. Um destino de aventura ideal para viagens longas pelas estepes mongóis, no interior do país. Os templos da capital Ulan Bator, o Lago Hogsvol, o majestoso Festival Naadam, o Parque Nacional Terelj, o Deserto de Gobi e as dunas de Khongoryn são alguns motivos para se aventurar em viagens à Mongólia.

•     Capital Ulan Bator
•     Moeda Tugrik (MNT)
•     Língua oficial Mongol.
•     Governo Republica semipredencialista  
•     Religião Predomina o Budismo e práticas xamânicas
•     Fuso horário UTC +8:00.
•     Principais cidades Ulan Bator, Övörkhangay


Qual a melhor época para visitar a Mongolia?


Entre julho e outubro, justamente a época do ano com temperaturas mais altas e quando ocorrem os principais festivais nacionais. Durante o período de inverno, o frio e a neve podem fazer com que o acesso a alguns locais seja impossível.

Visto: dispensa visto até 90 dias.
 

BUTÃO

Entre o céu azul celeste, o verde das florestas, rios formados pelo degelo dos Hymalaias e incríveis monastérios dependurados nas rochas das montanhas, o Butão preserva seu estilo de vida baseado nas leis do budismo.

 

O povo butanês ou drukpa, como é chamado, mantém-se fiel ao rei, reverenciando-o quase como a um Buda.

Vestindo roupas tradicionais, recebem os poucos visitantes permitidos pelo governo com um misto de timidez e curiosidade infantil, apresentando com alegria sua preciosa cultura, resguardada por uma geografia dramática e inspiradora.


•     Capital Thimphu.
•     Moeda Ngultrum (BTN).
•     Língua oficial Butanês (Dzongkha).
•     Governo Monarquia Constitucional.
•     Religião Budismo e hinduísmo.
•     Fuso horário UTC +9:00.
•     Principais cidades Thimphu, Paro, Bumthang e Punakha.


Qual a melhor época para visitar o Butão?


O país pode ser visitado em qualquer época do ano, mas o clima fica bastante agradável de outubro até o maio, e você ainda aproveita os festivais de máscaras e dança (outubro) e as comemorações pelo Dia Nacional (17 de dezembro). Quem tem o propósito de fazer "trekking" pelo Himalaia deve evitar os meses de novembro a fevereiro, quando muitas trilhas são bloqueadas pela neve.

Requisitos de entrada


A contratação de uma agência de viagem é obrigatória, e há imposição de pacote a custo de US$ 200,00 nos meses de janeiro, fevereiro, junho, julho e agosto; e de US$ 250 nos demais meses. O viajante deve apresentar a autorização ("visa clearance", em inglês) no momento em que chega ao país.
 

ÍNDIA

Com suas cidades movimentadas e gastronomia exuberante mundialmente famosa, não é surpreendente que a Índia seja procurada por turistas. O país é conhecido por seus seus templos e monumentos inspiradores
Conhecer a Índia é enxergar além do exótico, compreender a espiritualidade traduzida em alegria e docilidade, e levar para casa conceitos aprendidos neste país que nunca é óbvio.

•    Capital Nova Délhi.
•    Moeda Rupia indiana (INR).
•    Língua oficial Hindi e inglês.
•    Governo República com democracia parlamentar.
•    Religião Hinduísmo, budismo, jainismo e sikhismo.
•    Fuso horário UTC +8:30.
•    Principais cidades Mumbai, Nova Délhi, Bangalore, Calcutá, Chennai, Hiderabade e Ahmedabad.


Qual a melhor época para visitar a Índia?


Durante o inverno, de dezembro a fevereiro, o clima é seco e a temperatura agradável. É recomendável visitar a Índia entre o fim do outono (novembro) até a primavera (abril), evitando o período entre junho e setembro (verão), quando faz muito calor e chove diariamente (monções).

Confira o seu visto: o governo indiano disponibilizou para vários países, incluindo o Brasil, o Visto de Turismo Eletrônico (e-TV). Ele tem duração de 30 dias a partir da data de chegada país e pode ser requisitado por no máximo duas vezes ao ano.

 

Vacine-se. Todos os turistas que visitam o país devem ser vacinados contra a hepatite A, tétano e febre tifóide. Há também um risco de malária.

 

NEPAL

O Reino do Nepal também conhecido como Reino de Gorkha, foi um reino formado em 1768 pela unificação do Nepal.[1] Fundado pelo rei Prithvi Narayan Shah, um monarca gorkhali, existiu durante 240 anos, até a abolição da monarquia nepalesa em 2008. 


É a terra das mais altas montanhas que compõem a cordilheira do Himalaya, formando profundos vales verdejantes e florestas que abrigam uma impressionante vida selvagem e pessoas das mais diversas origens. Nepal é o destino ideal para turismo de aventura por causa de sua formidável e variada geografia, inerentemente repleta de natureza rica e refrescante.

 

Uma vez no Nepal, a pessoa poderá aproveitar diversas atividades ao ar livre como fazer parapente perto das montanhas e até mesmo observar os tigres de Bengala na densa floresta de Chitwan. Dotado de 8 dos 14 picos mais altos do mundo, incluindo o Monte Everest, o Nepal é o mais bem conhecido centro de montanhismo do mundo


•    Capital Katmandu.
•     Moeda Rupia nepalesa (NPR).
•     Língua oficial Nepalês.
•     Governo República federativa.
•     Religião Hinduísmo e budismo.
•     Fuso horário UTC +8:45.
•     Principais cidades Katmandu, Pokhara e Lumbini.


Qual a melhor época para visitar o Nepal?


Para fazer caminhadas nas montanhas o melhor é ir entre outubro e março, evitando a chuva e aproveitando o sol. Entre os meses de dezembro e janeiro pode ser muito frio acima de 3.000 metros. Deve-se evitar Kathmandu de maio a junho, quando o calor se torna insuportável e as estradas e ruas se tornam lamacentas. Para quem vai fazer trekkings, a época ideal é a primavera (março e abril) e o outono (outubro e novembro), épocas em que a visibilidade das montanhas é ideal e a temperatura não muito fria.

Visto: Necessário visto para brasileiros